Ripple: A Moeda dos Banqueiros

Enquanto Bitcoin é rei, na terra das criptomoedas, existem várias concorrentes prontas a cobiçar o seu trono. Um das mais intrigantes é o Ripple, que é completamente diferente de todo o resto, já que é uma cripto muito mais centralizada no âmbito de um ambiente descentralizado.

O Que é Ripple? Ainda é classificado como uma criptomoeda, mas a forma como foi fundado e é gerido e negociado é muito diferente das outras criptomoedas. É por isso que, antes de investir no Ripple, é boa ideia antes saber mais acerca do mesmo.

O Ripple foi lançado em 2012 como uma iteração tardia do Ripplepay, e o seu nome é usado para o catálogo da plataforma cripto, enquanto o seu token é chamado XPR.

Tal como outras criptomoedas, o Ripple é construído em torno da ideia de uma rede contável distribuída, em que várias partes participarão na verificação de transacções, ao invés de uma única autoridade centralizada.

Esta é uma maneira de facilitar as transacções em todo o mundo, enquanto os custos de transacção são muito mais baixos do que no Bitcoin.

Ao contrário de outras criptos, as transacções XPR são verdadeiramente instantâneas e não requerem nenhum período de confirmação.

Fonte: Libertex